Notícias

26 de julho de 2017

High School participa do Global Leadership Institute, programa em Boston

Os alunos do programa High School viajaram para Boston, a capital e cidade mais populosa do estado norte-americano de Massachusetts, para participar do Global Leadership Institute, um programa voltado para aprimoramento de habilidades de lideranças, dentro do Boston College. Na chegada à residência estudantil, cada um fez seu check in e, após o almoço, todos conheceram parte do campus e as regras de convivência. 

Na primeira aula, os alunos trabalharam em grupo no “Egg Drop Challenge”, atividade em que era preciso construir uma proteção para um ovo que não poderia se quebrar ao ser jogado do 3º andar. Dos oito grupos que tentaram, apenas um foi o vencedor.  O professor avaliou junto aos alunos as características do aparato usado pelo grupo vencedor e as possíveis causas que fizeram com que os outros grupos não conseguissem. Acima de tudo, desenvolver a habilidade de se trabalhar em grupo foi a chave do sucesso.

A aula do dia seguinte foi no laboratório de informática. Cada aluno desempenhou o papel de CEO de sua própria empresa no ano de 2035. As etapas de cada simulação variaram de cinco a vinte minutos e cada uma delas como fases de um jogo, tinha um grupo vencedor. Ao final, o grupo que ganhou prêmios foi o que venceu o maior número de etapas.

Os alunos também tiveram um encontro com a profissional responsável por ler as redações dos candidatos que querem cursar o Boston College. Eles fizeram várias perguntas e sanaram suas dúvidas de como entrar nessa instituição.

Foram feitas visitas ao centro, ao aquário e mercado, além de outros pontos turísticos históricos da cidade. Os alunos conheceram mais sobre a história de Boston no “Duck Tour”, um passeio num carro anfíbio pelo centro histórico e pelo “Charle’s River”, que proporcionou a alguns serem motoristas durante o trajeto no rio!

A turma conheceu também o projeto do Mass Challenge, uma organização sem fins lucrativos com a missão de ajudar startups entrarem e se manterem no mercado. Eles conheceram uma startup que gerencia um aplicativo para conseguir bolsas de estudos em faculdades estrangeiras e passearam por um grande salão com várias estações de trabalho, cada uma solucionando um problema, empreendendo um novo negócio, na busca de uma vida melhor. Puderam ver e conversar com empresários que desenvolvem um aparelho para que uma pessoa que tem paralisia cerebral possa acionar comandos no computador.

A viagem proporcionou também uma visita ao campus de Havard, uma das mais prestigiadas universidades do mundo, e ao Massachusetts Institute of Technology – MIT, universidade privada de pesquisa, ambas localizadas em Cambridge. Na universidade de Havard, ouviram diretamente de uma aluna como é a vida estudantil e o processo de inserção. No MIT, contemplaram  hologramas e interagiram com invenções que os remeteram às aulas de Física que possuem no currículo brasileiro. 

Os professores do Boston College em conversa com os guias brasileiros, Sheila Leão – coordenadora do High School da unidade BH e Flávia Fulgêncio - Green Intercâmbio, disseram que em quatro anos deste programa em Boston, nunca tinham visto ainda alunos tão competentes em visão empresarial e conhecimento de mundo, além da proficiência na língua.

Compartilhe