Notícias

15 de novembro de 2019

Proativos com inteligência financeira 

Educação financeira se adquire com ensino especializado nessa área do conhecimento. Atenta à importância desse tema para o futuro dos alunos, a supervisora Pedagógica, Débora Reis, premiou os destaques acadêmicos do 7º ano do Fundamental II na 2ª etapa do ano letivo. 

Nomeados como ‘Proativos’ pelos seus resultados escolares acima da média geral, o grupo de 15 estudantes foi presenteado com palestra sobre Educação Financeira, para despertá-los sobre o tema. Ministrada pela Luciana Ballesteros, fundadora da Financial Experts, escola pioneira no assunto no país, a apresentação abordou a introdução aos conceitos de investimentos, incluindo temas como rentabilidade e riscos. Os alunos também tiveram a oportunidade de aprender sobre alguns investimentos, como renda fixa, renda variável e câmbio. 

“Para entenderem um pouco mais na prática a lógica de funcionamento desses investimentos e seus riscos, a turma participou de uma dinâmica, que consistiu em montarem uma carteira simulada de investimentos. Para isso, o grupo foi dividido em três tipos de investidores: os 'conservadores', com um portfólio de menor risco; os 'moderados', com risco intermediário; e os 'agressivos', com investimentos de maior risco. Diante dessa divisão, eles puderam ter acesso a dados reais do mercado de capitais de 2015 e 2016 e entenderam o que ocorreu com os ativos de sua carteira, nesses anos, verificando a variação de cada ativo e o que teria ocorrido se tivessem aplicado seu dinheiro nesses investimentos. Foi fantástico ver o entusiasmo dos alunos no decorrer do período que o 'dinheiro investido simulado' aumentava ou diminuía de valor", explica Luciana.

A premiação contemplou ainda uma visita técnica à One Investimentos, empresa do Grupo BTG Pactual, que administra mais de um bilhão de reais, onde os estudantes tiveram contato diretamente com os sócios, quem apresentaram pessoalmente o funcionamento do mercado financeiro. Os nossos Proativos tiveram a oportunidade de verem os operadores na sala onde funcionam as transações de câmbio, renda fixa e ações, visualizando na prática os conceitos que aprenderam com a Luciana. 

A iniciativa foi considerada pela proprietária da Financial Expert como um despertar para o tema e não um produto final. “Nas palavras dos alunos, eles aprenderam que ou você pode se dar muito bem ou muito mal no mercado financeiro. A grande lição foi eles entenderem o quanto é complexo o tema de investimentos e como é importante conhecer profundamente o mercado antes de se arriscar nele. Por isso, devem aprender sobre o tema desde cedo e se preparar antes de tomar decisões de aplicações. Infelizmente, o assunto ainda é pouco difundido no Brasil e as pessoas procuram soluções simples e rápidas", orienta Luciana.

A supervisora Pedagógica do Colégio Santo Agostinho Nova Lima, Débora Reis, quem proporcionou essa incrível experiência aos destaques acadêmicos do segmento de ensino pelo qual é responsável, conta o que a motivou a oferecer essa formação como prêmio aos intitulados ‘Proativos’. “O currículo da escola regular é direcionado para ensinar as disciplinas convencionais, sem brechas para esse tipo de inovação. Com isso, os alunos são preparados para serem admitidos em boas universidades, em cursos superiores que irão torná-los excelentes profissionais na área que escolherem exercer. Aqueles que conseguirem somar a esse perfil de sucesso a correta administração das suas finanças darão passos à frente para construírem seus patrimônios e suas famílias de forma sólida, sem se preocuparem com dívidas, o que é um ponto de equilíbrio e sossego para desfrutarem suas conquistas com tranquilidade. Afinal, o que determina a sua saúde financeira relaciona-se menos ao quanto você ganha e mais ao quanto você gasta”, destaca Débora.

De acordo com Luciana, o curso oferecido pela Financial Expert é mais abrangente e possibilita uma formação ao longo do tempo, em uma versão completa, baseada em pilares estruturantes. A ementa prevê princípios de educação financeira que interferem positivamente na tomada de decisões para a vida, as quais serão úteis e importantes no Brasil ou em outro país, seja na escolha de uma faculdade, na compra de um apartamento, na aquisição de um carro, na opção por viagens domésticas ou ao exterior, em aplicações, entre outras.

Os adultos se preocupam em conhecer nomes de produtos de investimentos, mas não sabem os conceitos elementares de finanças, como a teoria de carteira, correlação entre risco x rentabilidade x liquidez, ou seja, os pilares básicos de tomadas de decisão para um bom investimento. Em outros países, esse tema é mais difundido e os pais já entendem o impacto que esse aprendizado pode ter no futuro dos filhos", adverte Luciana.

A especialista em Finanças chama a atenção para a questão comportamental, que segundo ela é muito forte. “De nada valem as técnicas e as teorias de finanças se na prática a atitude contrariar todas as premissas da inteligência e da educação financeira. Por isso a importância de um curso mais longo, que atrele teoria à prática e consiga de fato atuar no comportamento”, conclui.

Compartilhe