Notícias

11 de maio de 2022

Grupo de Trabalho, Envolvimento e Iniciativa Ambiental (GTEIA) conta, agora, com articulares estudantis

A Teia expandiu-se! O Grupo de Trabalho, Envolvimento e Iniciativa Ambiental - GTEIA – conta agora com articuladores estudantis nas unidades do Colégio Santo Agostinho e na EPSA. Cada grupo possui entre 8 a 10 alunos, que estão entre o 9º ano do Ensino Fundamental II e a 3ª série do Ensino Médio, e foram convidados a contribuir para a missão de ampliar as práticas socioambientais em suas Unidades, fazendo a teia se expandir ainda mais e colaborar para transformação de atitudes e posturas em relação à Casa Comum.

No primeiro encontro, realizado entre março e abril de 2022, e conduzido por Aleluia Heringer, diretora de Relações Institucionais e ASG, e Luiza Franco, analista de ASG, aconteceram diversas atividades, onde os estudantes foram convidados a pensar sobre suas atitudes e como podem auxiliar para a atuação em um mundo mais sustentável.

Os novos articuladores ressaltaram como foi importante e inspirador serem instigados a pensar sobre o papel da escola na promoção de ações ambientais, sociais e de gestão, bem como no papel de cada indivíduo e da comunidade para fazer acontecer.

André Adalberto, estudante da 1ª série da Epsa, disse que depois do encontro, teve ciência de problemas que nem imaginava e como isso abriu seus os olhos: "depois do encontro fiquei muito mais incentivado a ter uma vida sustentável, meus banhos ficaram menores e luz em casa não fica mais acesa sem necessidade". Amanda Vitória, estudante da 3ª série, também da EPSA, ressaltou como foi importante conhecer melhor a equipe de representantes que atuam no GTEIA. Para ela, as dinâmicas de trabalho fizeram com que o encontro fosse divertido e esclarecedor, ajudando a refletir sobre o que também é preciso mudar no ambiente, além da escola. Isso ampliou seus horizontes, trazendo novos olhares.

Para os próximos encontros, os articuladores já alinharam que o desafio será promover ações concretas de mudanças e conscientização. Como Gabriela Pascini, aluna da 1ª série da Epsa, que tem como expectativa para o grupo, melhorar o ambiente em que está inserida para conservar o planeta para gerações futuras. Ana Clara, da 3ª série, da Unidade Contagem, reforçou que o GTEIA Estudantil tem o desafio de ir além e "sair do discurso para implementar novas atitudes no ambiente em que estão inseridos".

GTEIA_Estudantil_NL1-web-.jpg

GTEIA_Estudantil_NL2-web-.jpg

Compartilhe